• Nenhum produto no carrinho.

Divulgação e Crise

A fotógrafa Adriana tem uma série de dúvidas com relação à melhor forma de divulgar seu trabalho, especialmente em uma mudança de foco na área que deseja atuar somada à situação atual do país e como “sobreviver” em meio à crise. Não conseguiremos cobrir aqui todas as opções para divulgação, mas nos ateremos a 3 pontos fundamentais das questões apresentadas.

 

Site

Ela coloca a dúvida sobre o foco de seu site e como organizar o material de portfólio. O site realmente deve apresentar o que é nossa principal área de atuação e fazer isso da forma mais rápida e direta possível. Avaliando rapidamente seu site, seria interessante deixar as galerias das áreas de interesse em primeiro lugar na lista de links. Além disso, ter uma página inicial mostrando as áreas em que atua, com links para cada galeria ajuda bastante na navegação e facilita a busca do cliente. Porém um ponto muito importante é registrar seu domínio também com “.com.br”, uma vez que você está usando apena o “.com” e a versão nacional está disponível.

 

Divulgação

As opções são inúmeras, tanto online quanto off-line, porém a ferramenta mais poderosa que conheço de divulgação e fechamento de negócios é bastante ignorada por fotógrafos. Ela é a prospecção de clientes. É o ato de não ficar aguardando contatos e sim agir de forma ativa na busca de negócios. Isso você pode fazer buscando clientes corporativos nas áreas que deseja atuar, ou parcerias com fornecedores de serviços para pessoas físicas. Um exemplo, se o foco é fotografar moda, busque fazer contato com empresas de moda para oferecer seus serviços, se é retrato, faça parceria com salões de beleza e estética e promova uma tarde de fotografia no local, ou uma promoção para clientes, com foco em arrecadar contatos para posterior oferta dos seus trabalhos. Quanto mais contato você fizer com os potenciais clientes, mais aprenderá com o processo e mais negócios irá gerar.

 

Crise Econômica

A crise existe, é uma situação. A melhor forma de lidar com ela é se colocar como a melhor opção de investimento para seu cliente e ir até ele e mostrar isso. Nas crises todos ficam mais cautelosos e buscam investir no que lhes parece o melhor custo-benefício. Supera a crise mais rapidamente, ou a atravessa de forma mais suave, os que entende logo de início que falar da crise ou usá-la como fator negativo de negócios não leva a nada. O que resolve é encará-la como a oportunidade de fidelizar clientes mostrando a eles, através da prospecção, que eles precisam investir para superar e sobreviver à crise e que você é a melhor opção de investimento para atendê-los.

3 de outubro de 2021
Todos os direitos reservados para Alex Mantesso