• Nenhum produto no carrinho.

Espaço Físico e Projeto de Captação de Clientes

Michel traz duas questões bastante distintas. (1) Quer opinião sobre a possibilidade de alugar um espaço físico para trabalhar e atender os clientes, o que imagina que trata mais credibilidade comodidade para os mesmos. (2) Pensa em criar um projeto de retrato onde ofereceria esse serviço de forma gratuita para pessoas influentes de sua região e executaria o trabalho dentro de uma estética pré-definida. Com isso deseja conseguir os contatos das pessoas, apresentar o seu trabalho e posteriormente converter esses contatos em clientes com ensaios maiores e mais elaborados. Nesse caso pergunta se achamos viável.

 

A primeira, com relação a locação de um espaço físico, é bastante comum entre fotógrafos e mesmo empreendedores em geral, e toca um dos pontos mais relevantes para o sucesso de um negócio: o custo fixo. Afinal, quanto menor o custo fixo, melhor a rentabilidade.

 

Locar um espaço é um comprometimento de valor mensal e precisa ser avaliado com bastante cautela. Os empreendedores tentem a acreditar que ter um espaço real torna o negócio mais confiável, mas para alguns públicos isso não ocorre. E na verdade a percepção de credibilidade está bem mais relacionada ao discurso que ao espaço físico em si.

 

Com relação ao atendimento de bebês, por exemplo, claro que o controle da luz e do ambiente fica mais fácil e ajuda bastante na produção. Em contrapartida existe a demanda pelo cuidado com o ambiente, higienização, aquecimento, etc. A de se avaliar inclusive a disposição das mães em deslocarem-se até o estúdio com o bebezinho recém-nascido. Pense também na acessibilidade e conforto.

 

Em resumo, a decisão deve ser focada no cliente. Avaliar de forma muito isenta se os clientes que vocês atendem valorizam a questão de terem um espaço e até mesmo se estão dispostos a deslocarem-se até lá para contratar vocês, ou se sentem-se melhor com vocês indo até eles.

 

Já com relação ao projeto para captação de clientes potenciais, vejo como uma estratégia bastante interessante, porém alguns pontos devem ser observados.

 

A sistemática de fazer as fotos, para conseguir contatos e só posteriormente oferecer serviços pode ser otimizada. A pessoa já está ali, disponível para a câmera, a luz está montada, porque desperdiçar? Faça um conjunto maior de fotos e posteriormente as ofereça. É mais fácil a pessoal adquirir algo que está vendo do que a promessa de um ensaio ou algo que está imaginando.

 

Quanto ao ponto levantado de fazer algo com seu estilo e posteriormente oferecer algo dentro de um conceito do cliente, o que avalio é que os clientes contratam seu estilo junto com a foto. Não dá, ou é muito difícil, alguém demandar a um fotografo um ensaio diferente do que viu no portfólio desse profissional. Então tenha em mente vender seu estilo junto com a foto ou o ensaio.

3 de outubro de 2021
Todos os direitos reservados para Alex Mantesso